quarta-feira, 20 de abril de 2011

RENASCENDO PARA O ESSENCIAL


 Perguntei à terra, 
Perguntei ao mar e profundezas,
Entre os animais viventes às coisas que rastejam.
Perguntei aos ventos que sopram aos céus,
Ao sol, à lua, às estrelas,
E a todas as coisas que se encontram às portas da minha carne...
Minha pergunta era o olhar com que as olhava.
Sua resposta era a sua beleza...   Santo Agostinho


Feliz Páscoa a todos!